Redesim

Guapimirim simplifica o ambiente de negócios e reforça as políticas de incentivo ao empreendedorismo

Município participa de programa de consultoria do Sebrae para implementar a desburocratização do processo de abertura e licenciamento de empresas

A cidade de Guapimirim deu mais um importante passo em relação a um ambiente de negócios mais simples e atrativo às empresas. O município aderiu ao alvará automatizado da Jucerja e contou com a realização de consultoria do Sebrae Rio para a desburocratização do processo de abertura e licenciamento de empresas, com adesão às premissas da Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios).

"Temos nos empenhado para que Guapimirim seja atrativa aos investidores e para que se torne cada dia mais simples para quem deseja empreender. As atividades consideradas como 'risco A' não precisam de alvarás e licenças. Além disso, seguimos o disposto na Resolução Federal CGSIM nº 59/2020 e o MEI não precisa mais de nenhum documento para licenciamento, basta ter o seu CCMEI  - Certificado da Condição de Microempreendedor Individual e também está isento de taxas", enfatizou a prefeita Marina Rocha Fernandez.

A  Redesim cresce cada vez mais no estado do Rio. Atualmente, 63 municípios contam com o alvará automatizado e com processos mais simples aos empreendedores fluminenses.

Para Tito Ryff, gerente de Políticas Públicas do Sebrae Rio, o município de Guapimirim já pode ser reconhecido por mais este importante passo em relação à desburocratização. “É muito importante a implementação de processos mais simplificados e que, certamente, contribuirão para o desenvolvimento regional e melhoria do ambiente de negócios para o MEI e MPEs”, disse.

Margareth Kelly, coordenadora do Sebrae Rio na Baixada Fluminense II, reforça a importância da pauta da desburocratização. Quanto maior a desburocratização, maior o desenvolvimento para os municípios e o estado. Guapimirim está na região metropolitana do Rio, e hoje é considerado uma grande opção de turismo rural. Parabenizo todo o corpo técnico pelo empenho em fomentar o empreendedorismo, pois melhorar o ambiente de negócios é uma estratégia de fortalecimento dos negócios locais e permite que novas empresas se estruturem e se mantenham de forma sustentável. As ações de desburocratização tornam o município uma referência na região e pode atrair empreendedores interessados em investir”, acrescentou.