Startup

Clusters de Turismo e do Varejo reuniram 216 participantes durante a maratona Hacking Rio

A iniciativa foi uma ação da Coordenação de Base Tecnológica, por meio do Projeto Sebrae Startup Win Ideação, para estimular e incentivar a criação de novas soluções.

O Sebrae Rio participou da maratona tecnológica Hacking Rio, apoiando os clusters de Turismo e do Varejo, que apresentaram desafios sobre temáticas enfrentadas por micro e pequenas empresas desses setores, além de disponibilizar mentores, contou com as presenças das coordenadoras Margareth Carvalho e Mariangela Rosseto, como júri, na banca final de cada cluster para a seleção da equipe vencedora.

A iniciativa foi uma ação da Coordenação de Base Tecnológica, por meio do Projeto Sebrae Startup Win Ideação, para estimular e incentivar a criação de novas soluções. A analista Marília Santa'Anna ressalta que o objetivo da participação das startups foi estimular que as soluções desenvolvidas durante a maratona sejam aplicadas nos projetos setoriais de Turismo e Varejo do Sebrae Rio.

O cluster de Turismo teve 114 participantes, 24 equipes inscritas e 10 projetos desenvolvidos. No cenário de pandemia, nove projetos foram apresentados para o Desafio do Sebrae Rio, para resolver o problema "Como promover o monitoramento de turistas nos destinos turísticos para auxiliar gestores públicos e privados?".

Os projetos vencedores - primeiro, segundo e terceiro colocados - do cluster de turismo foram: INKASA, aplicativo que fornece ao turista a opção de escolha de pontos turísticos e a criação roteiros a fim de ter a melhor experiência possível; VIAJANTE INTELIGENTE, aplicativo para colher dados de usuários e por meio de uma inteligência artificial, montar formulários personalizados para empresas e interessados nos dados, e MINHA VIAGEM, plataforma fornecendo estatísticas com dados coletados para criar um perfil turístico, utilizando gamificação para recompensar turistas que visitarem pontos turísticos ou estabelecimentos em parceria com nossa empresa.

O cluster de Varejo teve 102 participantes, 22 equipes inscritas e oito projetos desenvolvidos para Desafio o proposto pelo Sebrae Rio: "Criar soluções para o varejo consigam melhorar a experiência do cliente, aumentando a taxa de conversão e o aumento de vendas".

Em primeiro lugar ficou o projeto DEEF, que é um compartilhamento de demandas em busca de melhores ofertas e opiniões, com o objetivo de fortalecer o engajamento e o comércio local. A segunda colocação foi o projeto TEM AI?, plataforma mediadora entre pessoas que procuram determinados produtos e lojas locais que tenham esses produtos, ou similares, para ofertar. Já o UNIDOS PELO VAREJO ficou em terceiro lugar, com o projeto que une serviços de varejistas para encantar e oferecer experiências excelentes ao cliente no pré e no pós vendas, maximizando a lucratividade.

A edição 2020 da maratona teve 70 projetos na banca final, 566 mentores e 2.650 participantes. O evento foi virtual e realizado de 9 a 11 de outubro.